|   Jornal da Ordem Edição 3.391 - Editado em Porto Alegre em 27.02.2020 pelo Departamento de Comunicação Social da OAB/RS
|   Art. 133 - O advogado é indispensável à administração da justiça, sendo inviolável por seus atos e manifestações no exercício da profissão, nos limites da lei. Constituição Federal, 1988
NOTÍCIA

10.12.19  |  Advocacia   

Seminário da OAB/RS debate cenários e perspectivas da Recuperação Judicial

Foto: Leonardo Kaller - OAB/RS

Foto: Leonardo Kaller - OAB/RS

Foto: Leonardo Kaller - OAB/RS

Foto: Leonardo Kaller - OAB/RS

Foto: Leonardo Kaller - OAB/RS

Foto: Leonardo Kaller - OAB/RS

Foto: Leonardo Kaller - OAB/RS

Foto: Leonardo Kaller - OAB/RS

Foto: Leonardo Kaller - OAB/RS

Foto: Leonardo Kaller - OAB/RS

Foto: Leonardo Kaller - OAB/RS

Foto: Leonardo Kaller - OAB/RS

Com a ideia de estudar a teoria e prática da recuperação judicial, a Ordem gaúcha promoveu o II Seminário e Reestruturação Empresarial: Aspectos Práticos da Recuperação Judicial. O evento ocorreu no auditório do OAB/RS Cubo durante a quarta-feira (04).

A recuperação judicial acontece, em linhas gerais, quando a empresa precisa passar por um processo de recuperação, estando endividada. Ela não consegue gerar recursos suficientes para cumprir suas obrigações, como pagar seus credores, fornecedores, funcionários e impostos. A Recuperação Judicial é dividida em três etapas: fase postulatória, fase deliberativa e fase de execução.

O presidente da seccional gaúcha, Ricardo Breier, destacou o papel da comissão de atuar no tema já que, segundo o dirigente, o Rio Grande do Sul vive um momento delicado na área econômica e empresarial. “Mesmo assim, em 2018, houve queda de 16.9% de pedidos de recuperação judicial, em comparação com os índices de 2017”, apontou.

O presidente da Comissão de Falências e Recuperação Judicial da OAB/RS (CEFRJ), Roberto Martins, falou sobre o Projeto de Lei 6279/2019: “Estamos estudando seu conteúdo, pois ele irá incluir disposições que afetam o produtor rural. Temos um comitê que está monitorando e acompanhando a tramitação para, futuramente, termos um posicionamento a respeito do PL”, falou.

O painel sobre a recuperação judicial do produtor rural contou ainda com os painelistas: o presidente da Comissão  do Direito Agrário e do Agronegócio da OAB/RS, Ricardo Alfonsin; o desembargador aposentado do TJ/SP, Manoel Justino Bezerra Filho; o mestre em Direito da Empresa e dos Negócios, Arthur Silveira; o especialista em Direito Societário com ênfase em Falências e Recuperações Judiciais, Guilherme Costa; a especialista em Direito Empresarial, com foco em gestão e governança empresarial, Gabriele Chimelo. Na sequência, ocorreu o painel sobre o plano de recuperação judicial e os meios de reestruturação, que contou com os painelistas: o presidente da CEFRJ, Roberto Martin; o conselheiro seccional da OAB/RS, Cesar Peres; o especialista em recuperação judicial, Daniel Brasil; e o doutor em Direito Comercial, Rodrigo Tellechea.

Também estiveram presentes: o membro da Comissão de Falências e Recuperação Judicial do Conselho Federal da OAB, João Medeiros Fernandes Junior; o vice-presidente da CEFRJ, Laurence Medeiros; o presidente da Caixa de Assistência do Rio Grande do Sul (CAA/RS), Pedro Alfonsin; e o diretor da revista eletrônica da Escola Superior de Advocacia da OAB/RS, Alexandre Petry.

Texto: João Vítor Pereira
Fotos: Leonardo Kaller
Assessoria de Comunicação OAB/RS
(51) 3287-1821/1867

Fonte: OAB/RS

BOLETIM INFORMATIVO. CADASTRE-SE!
REDES SOCIAIS E FEED
RSS
YouTube
Flickr
Instagram
Facebook
Twitter
RÁDIO OAB/RS
Rádio OABRS
MAPA DO SITE
Abrir
(51) 3287.1800
Redação JO: Rua Washington Luiz, 1110, 13º andar - Centro - CEP 90010-460 - Porto Alegre - RS   |   comsocial@oabrs.org.br
© Copyright 2020 Ordem dos Advogados do Brasil Seccional RS    |    Desenvolvido por Desize

ACESSAR A CONTA


OABRS:   *
Senha:   *
Esqueci minha senha  |  Novo cadastro