|   Jornal da Ordem Edição 3.194 - Editado em Porto Alegre em 22.04.2019 pelo Departamento de Comunicação Social da OAB/RS
|   Art. 133 - O advogado é indispensável à administração da justiça, sendo inviolável por seus atos e manifestações no exercício da profissão, nos limites da lei. Constituição Federal, 1988
NOTÍCIA

11.02.19  |  Advocacia   

Mais uma vitória para advocacia gaúcha: eproc será instalado em Carazinho nas Varas de Família, Sucessões e Curatelas

Mais uma conquista para a advocacia gaúcha. O sistema eproc será disponibilizado, a partir desta segunda-feira (11), para a advocacia de Carazinho. O processo eletrônico é um pleito da OAB/RS e, na cidade, estará disponível para a competência de família, sucessões e curatelas.

De acordo com o presidente da OAB/RS, Ricardo Breier, a chegada do sistema eletrônico em Carazinho trará grandes benefícios à advocacia local: “Precisamos celebrar essa conquista. O eproc auxilia muito o exercício profissional. Tenho certeza de que os colegas e as colegas de Carazinho farão grande uso e, consequentemente, esse trabalho será refletido na cidadania, pois trará mais celeridade e agilidade nos processos”, comentou. Breier ainda lembrou que o eproc é de origem da Justiça Federal e foi adotado pelo TJ/RS após anos de luta e reivindicações por parte da OAB/RS em prol da advocacia gaúcha.

A presidente da subseção, Sandra Mara Zimmer, comemorou a chegada do eproc: “É um grande avanço. Uma prestação jurisdicional de mais qualidade e celeridade, pois é um sistema consolidado, ágil, confiável e de fácil acesso”, destacou. “É uma importante vitória para a advocacia de um resultado de um diálogo entre a OAB/RS e o TJ/RS, que é um marco para a valorização da advocacia gaúcha”, constatou.

eproc no Rio Grande do Sul

Segundo dados do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJ/RS), mais de dois mil processos estão em tramitação pelo processo eletrônico. Em Porto Alegre, existem 1323 ações pelo sistema, distribuídos entre o Foro Central com 676, e os Foros Regionais da Restinga com 85, Foro Tristeza com 129, Foro Sarandi 51, Foro Alto Petrópolis 146, Foro Partenon 207 e Foro do 4º Distrito com 29.

No interior, o eproc está em pleno funcionamento em Encantando, que foi a primeira cidade a receber o projeto-piloto do eproc, e em Marau. A primeira conta com 655 processos em tramitação enquanto a segunda conta com 238 processos em tramitação.

Texto: João Vítor Pereira

Assessoria de Comunicação OAB/RS    

(51) 3287.1867/1821

 

 

Fonte: OAB/RS

BOLETIM INFORMATIVO. CADASTRE-SE!
REDES SOCIAIS E FEED
RSS
YouTube
Flickr
Instagram
Facebook
Twitter
RÁDIO OAB/RS
Rádio OABRS
MAPA DO SITE
Abrir
(51) 3287.1800
Redação JO: Rua Washington Luiz, 1110, 13º andar - Centro - CEP 90010-460 - Porto Alegre - RS   |   comsocial@oabrs.org.br
© Copyright 2019 Ordem dos Advogados do Brasil Seccional RS    |    Desenvolvido por Desize

ACESSAR A CONTA


OABRS:   *
Senha:   *
Esqueci minha senha  |  Novo cadastro